Episódio #65

Alor, Manada Alada! Esse episódio foi, finalmente, divertido, onde lemos relatos de dates que saíram pela culatra, rimos um pouco, damos conselhos, e fofocamos! Porque nem só de militância vive o bissexual, não é mexmo?!

E, no bloco favorito de vocês, o Bi-Fi, trouxemos indicações especialíssimas!

Dessa vez a otaku suja foi Becky, que indicou um de seus animes favoritos, Basilisk: Kouga Ninpou Chou. Ah, e ela errou feio na hora de falar sobre o anime, dizendo que se passava na Era Meiji. Te alui, Becky!

Sinopse: No anos de 1614, no auge do Japão Feudal, para resolver a disputa pela sucessão do Xogunato, Ieyasu Tokugawa quebra um acordo de paz feito entre os clãs rivais de Tsuba Iga e de Kouga Mangi, que era mantido há muitos anos, por meio de uma aposta. A quebra do acordo inicia um grande derramamento de sangue entre os dois lados, que decidem resolver com base na força os anos de ódio reprimido. A guerra ninja começa no momento em que estava para acontecer um casamento entre os futuros jovens líderes dos dois lados (Gennosuke de Kouga e Oboro de Iga) o qual firmaria a paz entre os clãs. Por esse motivo, os dois enamorados são tragados por traições, armadilhas, dilemas, ódios seculares e amores reprimidos; a dualidade entre cumprir o dever para com o clã ou ignorar a guerra para viver o amor. A história é repleta de batalhas entre os dez ninjas de cada lado, cada um com uma técnica ninja sobre-humana.

Se você não chorar com esse anime, você não tem coração.

Zé, por outro lado, trouxe uma série brasileira que está dando o que falar: Manhãs de Setembro, disponível na Prime Video.

Sinopse: Cassandra (vivida por Liniker) é uma jovem determinada e em busca de realizar sonhos na capital paulista. Na superfície, tudo vai bem. O aluguel de uma quitinete é aprovado, o romance com seu namorado vai ficando sério, e seus melhores amigos lhe dão conselhos e um palco para chamar de seu. Mas tudo muda com a chegada de Leide (Karine Telles), a mulher com quem Cassandra se envolvia antes da transição, uma sem-teto que vive como camelô e mora num carro velho. Além do antigo relacionamento, a protagonista logo descobre que ambas dividem algo a mais: a responsabilidade de um filho, o Gersinho (Gustavo Coelho), cuja existência nem passava pela cabeça de Cassandra.

É uma série bem escrita, com atuações maravilhosas e com representação a torto e a direito. É para amar mesmo!

E foi isso, amores!

Siga o Bisão Voador nas redes sociais!

Somos @bisaopodcast no Instagram e no Twitter. Entrem em contato conosco para deixar alguma dúvida, um xero ou sugestões no e-mail: contato@bisaopodcast.com

Essa é uma inciativa de dois avatares bissexuais: Becky (@becky_Ardigans no Twitter e no Instagram) e Zé (@zehenrikky no Twitter e no Instagram).

Seja um apoiador do Bisão Voador! Acesse: apoia.se/bisaopodcast

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s